O Château de Fontainebleau e o império da sofisticação!

A reinar absoluto entre Paris e a região da Borgogne, o Château de Fontainebleau reserva ao visitante uma grandeza artística memorável.

Habitado ao longo de sua existência por personagens essenciais à história da França, o castelo é sinônimo de luxo e ostentação. A construção do Château de Fontainebleau envolveu ao menos três Reis, Francisco I, idealizador da arte renascentista na França, Henrique II, seu filho, e Luis XIII. Mas na forma como o vimos hoje, a maior expressão de personalidade é a do Imperador, Napoleão Bonaparte.

A pouco mais de 80km ao sul do aeroporto Charles de Gaulle e há 57km ao sul do aeroporto de Orly, o Château ainda permanece cercado por uma grande floresta de caça e está situado no vilarejo de mesmo nome.

Erguido no período das “trevas”, foi embelezado pela riqueza da arte renascentista e mantém ambas as características na arquitetura e nos milhares de detalhes adornados no seu interior.

Boa opção de bate e volta a partir de Paris, Fontainebleau é também uma ótima escolha de hospedagem de UM DIA para quem pretende Sair de Viagem para o interior da França com destino à região da Borgogne.

A sugestão para os visitantes do interior da França é que cheguem ao final da tarde à Fontainebleau, aproveitem as convidativas alternativas de gastronomia, bares ou cafés da pequena cidade, que estão bem próximos ao castelo, e no dia seguinte, logo pela manhã, visitem o Château.

Na hipótese de estarem de veículo locado a dica é utilizar o estacionamento do Château, gratuito entre 19h30 às 9h00.

Aos turistas do bate e volta a dica é não deixar de desfrutar de alguns minutos nos cafés da praça do carrossel, em frente ao lindo prédio de La Poste – tradicional correio francês.

  • Da hora: além da opção “carro”, é possível chegar por “trem” que sai de Paris a cada 2h. São aproximadamente 40m de viagem! Os bilhetes podem ser adquiridos com antecedência ou no local, em caixas eletrônicos ou bilheterias da estação Gare de Lyon. Maiores informações: http://www.sncf.com/fr/horaires-info-trafic
Le Château

Madeira, ouro, veludo e seda ornamentam o interior do Château de Fontainebleau de modo luxuriante e ao mesmo tempo encantador os aposentos, salas, capela, a magnífica biblioteca e as dezenas de cômodos expostos aos olhos brilhantes dos turistas.

As pinturas, alegorias, os vitrais personalizados, os lustres em cristal e dourado denunciam a suntuosidade dos ambientes ricamente decorados. As louças, pratos e copos do acervo, além das roupas de época preservadas nos cantos bem cuidados daquele palácio evidenciam as grandes festas promovidas por Reis e por imponentes figuras da noblesse francesa.

Mas é com a posse das relíquias do herói ou tirano que o conjunto de obras protegidas no Château de Fontainebleau guarda em suas dependências a intimidade de Napoleão Bonaparte, no império da sofisticação.

Do trono aos aparelhos de barbear, os pertences pessoais do grande estrategista de guerra deixam manifestas a exuberância e o poder do conquistador de terras e de homens.

Ao mesmo tempo, e paradoxalmente, os turistas passam a testemunhar a expressão do amor de Napoleão pela mulher de sua vida, Marie Louise.

Além do luxo do Château, o amor que Napoleão Bonaparte dispensou à Maria Luísa está estampada nos tecidos, bordado nas tapeçarias, pintado em grandes quadros e lapidado nos dosséis e nos emblemas de Fontainebleau.

Além de tudo isso, a Flor de Liz, símbolo da monarquia francesa está talhada nos detalhes das portas e detalhes esculpidos no Château, deixando claro, à época do esplendor, o poder e a propriedade daqueles que reinavam.

Assim, imperdível a visita no interior do Château à Capela, Biblioteca, Salão de Baile, Galerie Francisco I, aposento de Napoleão e aposento de Marie Louise. Na área externa à Porte Dorée e à Escalier du Fer-à-Cheval (escada em forma de ferradura).

Percorrer os jardins garante o momento lúdico da visita. Além das muitas flores e bancos que convidam a um pequeno descanso e relaxamento, há um pequeno lago com a estátua em bronze de Diane, a Caçadora.

 

 


Texto por Marcela Tavernard (Colaboradora): Uma  mineira , que mora em Brasília e ama a França, a língua Francesa, a cultura, a gastronomia,  suas paisagens e em especial os seus Castelos. Em suas viagens, tem o seu marido como o  melhor companheiro

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Comment
Name*
Mail*
Website*